Grandes construções ao redor do Mundo – Eurotúnel

Eurotúnel

Bem-vindos ao episódio do Eurotúnel, um dos maiores projetos de infraestrutura da Europa e considerado uma das sete maravilhas do mundo moderno, segundo a Sociedade Americana dos Engenheiros Civis.

É o segundo maior túnel ferroviário do mundo, ficando atrás apenas do túnel de Seikan, que liga as ilhas de Hokkaido e Honshu no Japão. 

Localização

Está localizado entre 40 a 70 metros abaixo do nível do mar e permite o acesso entre França e Inglaterra. Mais especificamente, liga Folkestone, no sul da Inglaterra, a Coquelles, no norte da França. E, para isso, atravessa uma barreira geográfica entre os dois territórios, o chamado Canal da Mancha. O percurso dura, aproximadamente, 35 minutos, com velocidade média de 160 km/h.

A obra foi inaugurada em 1994 e custou aproximadamente 16 bilhões de dólares ao todo. A inauguração foi feita pela rainha Elizabeth II e pelo presidente francês da época, François Mitterrand.

Em média, 60 mil passageiros passam pelo túnel diariamente e mais de 2 milhões de cachorros e gatos já viajaram por ele desde que as viagens para animais foram permitidas, no ano de 2000.

CARACTERÍSTICAS

O túnel possui uma extensão de 50,5 Km, sendo 37 Km sob o Canal da Mancha. Divide-se em 3 túneis paralelos, dois dos seus túneis são usados para o transporte de caminhões, carros e passageiros, que se acomodam em enormes vagões de um trem, denominado Eurostar, o outro é destinado para o sistema de ventilação. 

CONSTRUÇÃO

Foram utilizadas 11 máquinas de perfuração, conhecidas pela sigla TBM (de “tunnel boring machines”, em inglês), para cavar o túnel. Pesando 12.000 toneladas ao todo. O trajeto, escolhido com base no nível de segurança, foi definido por 94 perfurações

Antes da escavação, os projetistas utilizaram sonares, radares e explosões de dinamite para definir o ponto do subsolo onde os túneis seriam construídos.

Então, seriam três túneis. Os dois externos, com 7,6 m de diâmetro cada um e o do meio, com 4,8 m e distante em 15 m dos outros dois.

PROCESSO


(Texto retirado do site https://super.abril.com.br/mundo-estranho/como-foi-construido-o-eurotunel/)

O tatuzão trabalhava num ciclo de escavação e revestimento, dois processos que não ocorriam ao mesmo tempo. Primeiro, a parte frontal girava para perfurar a terra. A lama e as pedras escavadas eram lançadas numa esteira instalada dentro da própria máquina, pela qual eram carregadas até a outra ponta. Depois, eram levadas à superfície por bombas, vagões e tratores

Depois, vem o revestimento: cada aro do túnel é formado por seis segmentos de concreto, fabricados nos canteiros de obras e levados por vagões até a parte da frente dos tatuzões. Ao chegar ali, o segmento era agarrado a vácuo por um sistema giratório, operado por um funcionário. Cada um dos seis segmentos era colocado em seu lugar, completando o aro de 1,5 m de largura

A furadeira se movia para a frente por meio de cilindros hidráulicos, que utilizavam os aros como apoio para impulsionar a máquina adiante. Quando era hora de fixar um novo aro, os cilindros se retraíam, abrindo espaço para cada segmento. Após o segmento ser posicionado, os cilindros avançavam novamente, encostando no novo apoio. A máquina avançava a um ritmo de 76 m por dia

Bombas de drenagem foram instaladas para retirar água vinda de infiltrações. Pequenos dutos ligando a parte superior dos três túneis foram instalados a cada 250 m para aliviar a pressão do ar produzida pelo deslocamento dos trens. Outros dutos, de água fria, foram fixados nas paredes para garantir a refrigeração, controlando o calor gerado pelo atrito

Em dois pontos do trajeto, enormes cavernas de intersecção foram montadas para permitir que os trens mudem de um túnel externo para outro. E, a cada 375 m, foram construídas passagens conectando esses dois túneis ao de manutenção.

CURIOSIDADES

  • 13 mil trabalhadores chegaram a ser empregadas no auge da construção
  • A tocha olímpica viajou pelo túnel para a Olimpíada de 2012, em Londres
  • 26% do comércio de mercadorias entre o Reino Unido e a Europa continental passam pelo túnel todos os anos, num valor de 120 bilhões de libras
  • Três incêndios ocorreram (em 1996, 2006 e 2012) dentro do túnel e que foram bastante significativos para que ele fechasse
  • O revestimento do túnel é projetado para durar 120 anos

Veja a publicação no nosso Instagram

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Share This

Copy Link to Clipboard

Copy